1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Estiagem pode levar à quebra da safra de soja em Goiás

Por Eduardo Candido 14 Janeiro 2015 Publicado em Agricultura
Votao
(0 votos)
Lido 1377 vezes
Safra fica prejudicada Safra fica prejudicada Reprodução/Globo Rural

Apesar dos números positivos da produção de soja na safra passada, os produtores do sudoeste de Goiás estão preocupados. Na safra atual, está faltando chuva em uma fase crítica para o desenvolvimento dos grãos.


A região sudoeste de Goiás é a maior produtora de soja no estado, só que boa parte dos agricultores enfrenta problemas nas lavouras. Em algumas áreas no município de Rio Verde, a estiagem já é de quase 20 dias, uma situação que compromete a produtividade da soja.


O produtor Marcos Vian plantou dois mil hectares do grão. Em vários talhões, as plantas cresceram pouco - 30 centímetros a menos do que o esperado. Além disso, as folhas estão amareladas ou caíram e muitas vagens estão sem grãos. “Não vai crescer, vai ficar um grão miudo, com pouco peso... e é quebra de produção. Numa área dessa aqui é acima de 50% de perda", lamenta.


O presidente da Comissão de Grãos da Federação da Agricultura de Goiás (Faeg), Flávio Faêdo, alerta que se a estiagem continuar pode haver uma quebra de safra na região: “Nós calculamos hoje uma perda geral que é em torno de 5%, pelas faltas de chuvas. Em algumas propriedades, uma perda maior, que está em 10% ou até 15%”.


A queda da produção de soja em Goiás não foi incluída na previsão da Conab, divulgada na sexta-feira (9/01). A estimativa para o estado foi mantida, igual ao levantamento anterior, em 9,9 milhões de toneladas.


Fonte: Globo Rural/Ludmilla Rodrigues

000-A-Banner WhatsAppecontatos-RadioEldorado