1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Cirurgia bariátrica pode reduzir uso de medicamentos para hipertensão, afirma cirurgião

Por Antônio Filho 14 Fevereiro 2020 Publicado em Saúde
Votao
(0 votos)
Lido 67 vezes
Imagem ilustrativa Imagem ilustrativa Reprodução

A hipertensão é uma das principais causas de morte e atinge entre 20% e 35% da população adulta na América Latina.


A doença, também conhecida como pressão alta, ocorre quando a pressão do sangue, causada pela força de contração do coração nas paredes das artérias para impulsionar o sangue para todo o corpo, se eleva.


A elevação crônica de pressão sobre o sistema circulatório, com o passar dos anos, pode gerar uma sobrecarga no coração que tenta se adaptar inicialmente, porém, com o tempo, se torna dilatado e mais fraco.


Segundo o cirurgião bariatrico Leonardo Porto Sebba, frente a este perigo, os resultados de um estudo apontam que a cirurgia bariátrica pode reduzir ou eliminar a necessidade de medicamentos para controle da hipertensão arterial na maioria dos pacientes obesos.


O estudo desenvolvido e coordenado pelo Hospital do Coração de São Paulo foi realizado com 100 pacientes, aleatoriamente designados para serem submetidos à cirurgia de redução do estômago (bypass gástrico) ou para continuar com seus tratamentos com medicamentos anti-hipertensivos.


Um ano após a cirurgia, 83,7 % dos pacientes submetidos ao balão gástrico mantiveram o controle da pressão arterial (<140/90 mm Hg) com pelo menos 30% menos medicamentos e mais da metade (51%) mostrou remissão, isto é, mantiveram a pressão controlada sem uso de medicamentos.


Estas conclusões reforçam o conhecimento científico sobre os benefícios da cirurgia bariátrica no tratamento de pacientes com obesidade e hipertensão.


Fonte: Diaonline (com adpatações)

 

00 A Banner WhatsAppecontatos RadioEldorado2