1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Empresa de ônibus é condenada a indenizar idosa deixada em cidade a cerca de 40 km do destino em Goiás

Por Marcelo Justo 07 Maio 2019 Publicado em Região
Votao
(0 votos)
Lido 1362 vezes
Sentença Sentença Reprodução/ TV Anhanguera

Uma empresa de ônibus foi condenada a indenizar em R$ 8 mil uma passageira idosa deixada em uma cidade fora da rota, em Goiás.


Ela teve que descer do veículo durante a noite em Abadiânia, quando o local certo seria a rodoviária de Anápolis.


O caso aconteceu em julho de 2016.


A passageira saiu de Cacoal (RO), e deveria descer em Anápolis (GO).


De acordo com a sentença, “a empresa ré desviou a rota tradicional em razão do atraso de 2 horas”.


O G1 entrou em contato por email às 9h34, desta segunda (06/05), com os advogados que representam a empresa de ônibus Andorinha, mas, ainda não recebeu um posicionamento sobre o caso.


Uma testemunha ouvida pela Justiça confirmou a versão da vítima, afirmando que a idosa realmente foi deixada no município a cerca de 40 km do ponto em que deveria ser deixada.


Na sentença, o juiz Eduardo Walmory Sanches afirma que a empresa de transporte Andorinha errou duas vezes: ao desviar a rota e ao não informar à passageira sobre a mudança.


“Nunca, jamais, em tempo algum, a empresa ré poderia deixar o consumidor (senhora idosa) na rua de outro município fora da rota contratada”, disse na sentença.


Fonte: G1 Goiás (com adaptações)

00 A Banner WhatsAppecontatos RadioEldorado1