1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Mulheres denunciam golpes após conhecerem homem em site de relacionamento, em Goiás

Por Jonnethy Dener 12 Novembro 2018 Publicado em Estado
Votao
(0 votos)
Lido 2477 vezes
Imagem ilustrativa Imagem ilustrativa Reprodução/TV Anhanguera

Mulheres denunciam que foram vítimas de um golpe após conhecerem um homem em sites de relacionamento e começarem a namorar com ele, em Goiás.


Uma das vítimas relata que perdeu R$ 100 mil após comprar um carro e fazer empréstimos para ele.


A Polícia Civil investiga o caso e se ele tem ajuda de outras pessoas.


Uma das vítimas diz que conheceu o homem na internete e ele se apresentou como advogado de uma empresa multinacional e que era descendente de italianos.


Após 15 dias de namoro, ele pediu para que ela trocasse alguns cheques para ele, em Valparaíso de Goiás.


“Ele pediu também para o meu pai fazer um empréstimo no valor de R$ 10 mil e pegou um valor de R$ 2,5 mil com meu irmão, não sendo repassado nada para a minha família. Ele deixou um prejuízo pra mim e para minha família o valor de R$ 22 mil”, disse a mulher que não quis se identificar.

A reportagem tentou entrar em contato entre 9h30 e 9h50 com o homem apontado pelas vítimas como golpistas por meio de um número de telefone passado por uma das vítimas, mas as ligações eram direcionadas diretamente para a caixa de mensagem.


Outra mulher contou que o prejuízo foi ainda maior: R$ 100 mil. Ela mora em Águas Lindas de Goiás.


“Foi um carro, foi R$ 11 mil de empréstimo, mais R$ 12 mil”, relatou, também ser ter o nome divulgado.


Em uma rede social, outra vítima faz alertas, dizendo que ele aplica os golpes em mulheres de Goiás e do Distrito Federal após conhece-las em sites de relacionamento.


De acordo com a Polícia Civil (PC), além das vítimas que moram no Entorno do Distrito Federal, outra mulher, em Silvânia, também registrou queixa contra o mesmo homem.


As investigações apontam que ele pratica os golpes com a ajuda de outras pessoas.


“Ele fala para depositar para a filha dele, para a ex-mulher dele, que precisa dar esse dinheiro para elas e elas vão recebendo nas contas e ele não fica com esse registro nas contas bancárias dele”, disse a delegada Isis Leal.


Outras mulheres podem ter sido vítimas do homem.


“É muito importante que as mulheres fiquem atentas a esses relacionamentos, principalmente em internet, porque a gente não conhece quem são essas pessoas”, completou a delegada.


Fonte: G1 Goiás (com adaptações)

000 A Banner WhatsAppecontatos RadioEldorado